O que está em alta

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Estresse / Relaxamento


São dois lados e uma moeda e são necessários a uma vida saudável. Ambos sempre devem estar equilibrados.


Se o estresse predominar, a doença sempre desenvolve mais rapidamente, ás possíveis consequências variam muito.

Todo estresse tem origem nas atividades físicas, mental, emocional, frustrações, perdas, traumas.
O excesso de trabalho acompanhado de frustração ou falta de objetivo pode levar à exaustão ou colapso.

Estresse significa perder todas as emoções que acrescentam sabor a vida.
Também significa a deformação ou mudança causada em um corpo pelas forças internas que atuam nele.

Uma boa administração e controle ajuda a lidar com toda espécie de estresse tanto positivo quanto negativo a fim de alcançar o equilíbrio.

O relaxamento reduz o estresse acumulado no corpo. Temos que reconhecer que passamos a maior parte de nosso tempo concentrados nos acontecimentos do mundo a nossa volta.
Enquanto a essência do relaxamento é a concentração do nosso interior para nos tornar sensíveis as tensões internas e alivia-las.

Importante cultivar a consciência de como o eu corpo se sente durante todo o dia de forma que possa aprender a reconhecer a diferença entre as quantidades de tensão “normal” e “anormal”.

Lembre-se: Sempre inspire e expire lentamente e profundamente, para se chegar ao equilíbrio.

Exercício:
Todos os dias tire pelo menos uma hora para relaxar (local: sem barulho / quieto).
 - Deite-se em uma superfície plana (chão), sendo no carpete ou forrado com um cobertor.
 - Utilize 02 travesseiros; 01 para a cabeça e o outro para os pés ou joelhos. Os pés de preferência usar meia.
 - Relaxe todo o corpo, estique os braços com as palmas das mãos para cima.
 - Feche os olhos; inspire (entrada do ar) profundamente e serenamente expirando (saída do ar).
 - Pensamentos voltados penas em seu corpo.

Uma técnica simples e eficiente.
Praticando sentirá o benefício desde as primeiras tentativas.

domingo, 3 de setembro de 2017

Postura

A postura correta é vital para o bem-estar físico e mental.
O reflexo de suas atitudes diante da vida ou como resposta ao estresse, posicionam-se de modo incorreto. Isto é muito ruim.

Motivos:
- Má postura pode levar os outros a reagir negativamente.
- Pode aumentar o estresse do qual é um reflexo, ao contribuir para o excesso de tensão muscular.
Com um pouco de vontade, prática e aplicação, pode-se corrigir a postura, aliviar o estresse, sentir-se confiante e passar as outras pessoas uma impressão e imagem positiva de sua personalidade.


A postura correta significa ficar de pé ereto de modo descontraído e equilibrado; faz as pessoas se sentirem bem e terem boa aparência. Isto amplia os bons hábitos para outras posturas.


A postura incorreta dificulta a respiração profunda, provoca problemas na coluna, conduzindo a uma visão pessimista da vida, uma imagem não atraente e depressiva.


A postura ereta “demais”, não é bom, na verdade comprime a coluna, provocando problemas no pescoço e nas costas; geralmente adotado por pessoas com uma personalidade excessivamente controlada, porém que tem falta de autoconfiança.

Importante: Bons hábitos
- Ao estar sentando, procure não se curvar sobre a mesa.
- Verificar sempre as cadeiras e superfícies de trabalho se estão na altura correta.
- Evite cruzar as pernas ao sentar-se, tanto a perna por cima ou por baixo da outra isso torce o quadril e a coluna.

O efeito geral é de equilíbrio e liberdade.
* Uma postura correta é a base para todas as posições e movimentos do corpo.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Alongamento


Boa parte da falta e saúde é causada diretamente pela falta de atividade física, o único meio de prevenir os males da inatividade é permanecer ativo a vida toda.


É um importante elo entre a vida sedentária e a vida ativa. Mantem os músculos flexíveis, preparam-nos para o movimento e ajudam-nos a concretizar a transição diária da inatividade para atividade sem tensões indevidas.

O alongamento antes e depois da exercitação mantêm a flexibilidade e ajudam na prevenção de lesões comuns como: distensões da canela ou inflamações do tendão de Aquiles, ombros, cotovelos e joelhos.

Fáceis de fazer e benéfico a saúde, mas quando realizados de forma correta; na forma incorreta podem na realidade fazer mal. A forma correta não causa dor, pois a dor é uma indicação de que alguma coisa está errada.

Feitos sob medida, segundo sua estrutura muscular, flexibilidade e segundo os diversos níveis de tensão. O objetivo é a redução de tenção muscular, o que em decorrência promove movimentos mais soltos e não um esforço concentrado.

Às sensações sutis e revigorante dos alongamentos permitem entrar em sintonia com os nossos músculos; é uma atividade completamente ajustável à pessoa, necessário que se pratique devagar, dando ao corpo e a mente tempo de se acostumar ás tenções da atividade física.

Observe os animais; o gato e o cachorro instintivamente sabem como alongar-se.

Quando fazer:
 - De manhã: antes de começar o dia.
 - No trabalho: para aliviar as tensões, depois que ficar muito tempo sentado ou de pé.

Benefícios:
 - Redução de tensões musculares, sensação de um corpo mais relaxado.
 - Coordenação, os movimentos tornam-se mais soltos e fáceis.
 - Prevenção de lesões ou distensões musculares.
 - Desenvolve a consciência corporal, você aprende a conhecer seu corpo.
 - Libera os movimentos bloqueados por tensões emocionais.
 - Ativa a circulação.

ATENÇÃO:
Caso tenha sofrido de algum problema físico ou se tiver passado por alguma cirurgia principalmente nas articulações e músculos, consulte um médico antes de dar início a um programa de exercícios ou alongamentos.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Nariz


O nariz possui várias funções importantes.

Quando respiramos pelo nariz e não pela boca, as fossas nasais filtram a sujeira evitando que ela chegue aos pulmões.
Também controla a temperatura do ar, sem essa ação reguladora temperaturas extremas podem lesar os pulmões, deixando-nos vulneráveis a doenças no aparelho respiratório.
Massagear o nariz fortalece o controle da temperatura, estimula os órgãos (intestino grosso, estomago e aumenta a secreção hormonal).


- Quando pouco saudável afeta a personalidade, debilitado geralmente se infecciona e com isso grande quantidade de muco pode vazar para as fossas nasais. Afeta a voz.
- Porém quando saudável pode ajudá-lo a ter uma boa energia, aumenta o fluxo de energia, melhora a circulação na região nasal.

Massagem:

Narinas – alargue as narinas, introduza o dedo polegar e o dedo indicador nas narinas movimentando-os para a direita e para a esquerda, para cima e para baixo. Melhorar a passagem de ar para os pulmões, além de ajudar na cura de problemas nasais e na correção do sentido do olfato.

Extremidade superior, meio e laterais:
Superior – utilize o dedo polegar e o dedo indicador, beliscando por várias vezes. Inspire e expire lentamente.  Desobstrui as 
fossas nasais.


Meio – utilize o dedo polegar e o dedo médio, bem sobre o osso que desliza o nariz, também utilize o dedo indicador sobre a extremidade superior. Inspire e pressione delicadamente. Aumente a concentração e acalma a mente.

Laterais – utilize os dedos indicadores, massageie para cima e para baixo devagar até sentir a região aquecida. Resolve problemas de fossas nasais obstruídas (nariz entupido).


Fonte: pesquisa das obras Mestre Mantak Chia
Desenhos: Juan Li